Lesão do dia – tendão calcâneo

Seguindo nossa série de posts sobre lesões relacionadas à corrida, hoje vamos falar sobre o tendão calcâneo. Assim como as outras vamos falar sobre a lesão, o que causa, como tratar e medidas para evitar seu surgimento.

A lesão no tendão calcâneo é característica por apresentar dor antes, durante e depois da corrida, dor durante apalpação devido a inflamação e em casos mais avançados até diminuição da mobilidade do tornozelo. Imagine acordar e sentir o seu pé “duro” e ao mexer ele você sente dor, ao colocar no chão sente dor e ao se levantar começa o dia arrastando o pé porque não tem mobilidade, é assim a evolução da inflamação.

O tratamento é parecido com o tendão patelar com crioterapia, liberação miofascial e é claro diminuição ou afastamento das atividades de impacto por algum tempo.

Seu desenvolvimento pode estar ligado a falta de equilíbrio muscular entre os músculos da panturrilha e os anteriores da perna, ao sobrepeso do praticante e a um aumento repentino do volume de treinos. A forma como se pisa também pode ser um fator pois quando se entra com o calcanhar durante a passada o impacto está sendo colocado todo no mesmo ponto. Se você pensar que ao correr colocamos de 3 a 7 vezes o peso em cada perna, imagine isso por 1 hora.

pranchaExistem diversas formas de melhorar a qualidade do tendão após a fase crítica e o uso de bases instáveis é uma maneira bem eficaz pois você propicia que músculos estabilizadores do movimento entrem em ação. Claro que o trabalho não pode ser unicamente voltado para o tornozelo, deve ser global. Nosso corpo é uma unidade só, logo ao ter qualquer segmento lesionado a possibilidade de lesão em outro lugar é grande pois existem compensações.

Ficou com alguma dúvida? Escreva e vamos tentar achar uma solução juntos.

Bons treinos.

Emidio Peres
Personal e Idealizador do Núcleo Salutem
Formado em Educação Física, pós graduado em gestão de marketing, reabilitação cardíaca e pós graduando em reabilitação de lesões.

cropped-logotipo-nc3bacleo-salutem.jpg

 

Deixe uma resposta