Nada é para sempre.

Todos os dias nascemos de novo, junto com o raiar do Sol e temos uma nova de chance de ter uma nova vida. Não uma vida medíocre, nem uma vida vazia, mas uma vida cheia de esplendor e com alegria. Mas todos os dias temos esse sentimento? Como cultivar esse sentimento de ter um dia ou uma vida incrível todos os dias?

Andei lendo coisas sobre o perdão, sobre a capacidade que temos em guardar mágoas e deixar elas em um lugar tão profundo, tão enraizado que às vezes nem sabemos como chegou ali e ainda sabemos menos ainda como alcançar e arrancar isso de nós.

Cada um trabalha suas emoções e sentimentos de uma forma diferente, cada um busca em diferentes coisas motivos para se sentir bem ou para amenizar alguns tipos de dores. Para mim, uso a corrida. Ela funciona pelos mais diferentes motivos. A gente sabe quais as reações fisiológicas, quais os benefícios, qual o retorno palpável com ela. Mas o intangível, o imensurável, para cada pessoa será diferente. A cada corrida vou deixando diversas coisas para trás, minhas frustrações, arrependimentos, tristezas, mágoas e vários sentimentos ruins.

Que nada é para sempre é um fato! Não vivemos para frente, não iremos trabalhar no mesmo lugar para sempre, não nos relacionaremos com as mesmas pessoas para sempre e nem teremos qualquer tipo de coisa para sempre. Mas tudo o que você faz hoje, será lembrado amanhã. Talvez não por outras pessoas e, na verdade, não é isso que importa, mas será lembrado por você. Todas às vezes que você toma uma atitude, independente para qual lado seja, isso fica registrado em algum lugar e mesmo que ninguém esteja vendo, você estará.

Tudo o que você faz hoje fica para sempre, todas as suas escolhas e caminhos ficarão para sempre registrados, todas às vezes que você decidiu fazer a travessia A ou B ficarão registrados. Como você quer se sentir amanhã pelo que fez hoje? Com arrependimento? Com frustração? Com tristeza? Para ter as melhores sensações hoje sobre o que fizemos ontem temos que ter melhores atitudes e atitudes pró-ativas em relação ao objetivo que se tem na vida.

A busca deve ser por uma vida com menos arrependimentos, mais alegrias e mais momentos únicos. Se me proponho a fazer algo, tenho que fazer o melhor possível para que esse algo aconteça. Me cercar de todas as atitudes e ações possíveis para ter segurança e a certeza de que irei cumprir meu objetivo.

Não espero ser lembrado por algo, mas quero ter a certeza que fiz meu melhor. Existem muitos quilômetros a serem percorridos para que muitas coisas fiquem para trás, mas a cada dia posso olhar para ontem e ver que estou melhor.

Que venha Amsterdam e sua maratona, será uma experiência incrível. E uma nova página estará sendo escrita nessa minha curta passagem por aqui.

Bons treinos.

Emidio Peres
Personal e Idealizador do Núcleo Salutem

Deixe uma resposta