Pare de se sabotar

Um novo ano é sempre um momento em que nos sentimos prontos para dar um novo salto, fazer mudanças em nossas vidas. Nós nos lançamos  para um novo projeto, uma nova dieta, um nova forma física, a busca de um novo emprego, um novo relacionamento. Mas, pouco a pouco, caímos em nossa própria armadilha e nos pegamos fazendo as mesmas velhas coisas, mantendo o antigo padrão que nos levará aos mesmos lugares.

Albert Einstein dizia: “Não há maior sinal de loucura do que fazer a mesma coisa repetidamente e esperar a cada vez um resultado diferente.”StockSnap_Y4LO48687I.jpg

No nosso íntimo obedecemos sem nos dar conta, ordens do nosso inconsciente geradas por frases e conceitos os quais  escutamos, na maioria das vezes, enquanto crianças. Caímos então, em armadilhas criadas por nós mesmos. Nós nos sabotamos. Pensamentos tais como “não consigo fazer nada direito”, “não tenho sorte”, “quem sou eu para conseguir tal coisa”, “é preciso sofrer para vencer”, “já passei da idade”, “não vale a pena lutar pelos meus sonhos”, nos dominam.

Cada vez mais desconfiamos da nossa capacidade de superar obstáculos, ou então não nos responsabilizamos pelas consequências de nossas escolhas. Muitas vezes o medo da mudança, do desconhecido, do novo, é maior que a força para mudar.

Enquanto tivermos resistência em rever nossos desacertos, em aprender com nossos erros estaremos fadados a repetir nosso passado. Algumas simples perguntas tais como, “o que eu quero para mim”, “como quero me sentir”, “quais são meus objetivos sentimentais, profissionais, financeiros, estéticos, sociais,…”  irão orientar nosso futuro. Algumas  respostas tais como: “quero me sentir bem, realizado, confiante”, “quero cuidar da minha própria vida, sentir-me vivo e bem com meu corpo”, “quero ser feliz, alegre, bem-disposto para enfrentar as dificuldades, ter sucesso no meu trabalho, amar e ser amado, ter dinheiro para me manter”, “quero ajudar aos outros com alegria”, irão motivar nossas mudanças.

Deixe de fazer auto sabotagem, tome as rédeas de sua vida, o ano já começou, vá ser feliz. A primeira batalha a ganhar está dentro de nós. Nossa tendência é acreditar naquilo que repetimos para nós mesmos, então vamos repetir o  mantra: “Eu sou incrível e mereço conquistar tudo aquilo que me faz feliz”!

Por Maria Helena Bertoccelli

Deixe uma resposta